A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DAS LÍNGUAS ORIGINAIS DA BÍBLIA

Rafael Vicente Gavioli Tomazini, William Lacy Lane, Jonas Silva Faria

Resumo


RESUMO: A abordagem de assuntos relacionados aos idiomas originais da Bíblia pode despertar certa aversão para os que se envolvem com as Escrituras Sagradas. Considerando a Bíblia como única regra de fé e prática dos cristãos, é inegociável a prioridade de um estudo aprofundado de seus escritos, principalmente na formação de teólogos. Portanto, o presente trabalho busca levantar questões que contribuam com as atividades educativas e conscientizem todos os envolvidos na área teológica a respeito da importância do estudo dos idiomas originais da Bíblia, grego e hebraico, para o enriquecimento da compreensão bíblica bem como sua correta disseminação.

Palavras-chave: Exegese. Grego. Hebraico. Idiomas originais. Teologia.

The importance of the study of the Bible original languages

ABSTRACT: The study of topics related to the original language of the Bible generally evokes certain aversion among those involved with the Holy Scriptures. Considering the Bible as the only rule of faith and practice of Christians, is not negotiable the priority for a detailed study of his writings, mainly in formation of theologians. Therefore, the present work seeks to raise questions that contribute to the educational activities in churches and to call the attention of all those involved in theological area to the importance of the study of the original languages of the Bible, Greek and Hebrew, to the enrichment of biblical understanding as well their correct dissemination.

Keywords: Exegesis. Greek. Hebrew. Original languages. Theology.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Ensaios Teológicos está licenciada com uma Licença Creative Commons – Atribuição – Não Comercial – Sem Derivações – 4.0 Internacional.